OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

quinta-feira, novembro 09, 2006

(O PORTO NÃO É)

Eu devo mesmo parecer um vendido ao grupo de pessoas que governam este país mas não consigo entender por que raio as SCUTS do Porto não hão-de ter portagens. Eu nem sabia que no distrito do Porto havia SCUTS!! O conceito de autoestrada gratuita faz sentido em regiões defavorecidas (O Porto não é), pobres (O Porto não é), isoladas (O Porto não é), parcas em acessibilidades (O Porto não é), em risco de desertificação (O Porto não é), onde não se tenha construido nenhum estádio para o euro (O Porto não é).
O Porto é um conjunto de outras coisas e ainda bem que o é! – e é por isso que o Porto não precisa de scuts.

5 Comments:

  • pois, mas quando é para pagar todos se queixam, com ou sem razao...

    By Blogger A mão que escreve, at 1:45 da manhã, novembro 09, 2006  

  • Por acaso a zona do Grande Porto servida pela Scut em questão (A28) é uma das zonas mais pobres do país e com uma taxa de desemprego elevadíssima (Zona do Vale do Ave). Não tenho números para atestar mas conheço bem aquela realidade. De qualquer forma parece-me que a Scut não será totalmente paga (é por isto que estão a lutar os municipes da região): havendo zonas gratuitas que corresponderão a esta zona.
    Por princípio não tenho problemas que as Scuts tenham de ser pagas(o pessoal de lisboa tb paga bastante:pontes, crel..), mas também por princípio não gosto que me mintam e que me digam que não vão fazer pagar as Scuts e depois façam o contrário. E ainda há uma coisa que não gosto: quando um estudo mostra que a Via do Infante também devia ser paga e não é contemplada. Acredita que muitas regiões do Algarve não são tão pobres quanto algumas do grande Porto.
    Dizes muito bem que o PORTO não é uma zona isolada, nem desfavorecida, mas existem zonas do Grande Porto (e algumas aldeias do Vale do Ave são exemplo disso) extremamente pobres e de difícil acesso. Bem mais rurais que a minha aldeia.

    By Anonymous Anónimo, at 11:05 da manhã, novembro 09, 2006  

  • Ouve lá, Gustavo, três num dia? Julgas que todos têm a tua resistência? A malta trabalha, tu sabes o tempo que se demora a ler isto tudo e ainda tentar fazer um comentário espirituoso? Vamos lá a acalmar porque senão ainda levas com uma taxa moderadora para a utilização do Blog!

    By Anonymous Anónimo, at 12:50 da tarde, novembro 09, 2006  

  • Bem... isto sim é redendimento se todo o trabalhador tuga seguisse o teu exemplo o défice era uma lenda à escala da de D.Sebastião... ;)

    By Anonymous Anónimo, at 7:25 da tarde, novembro 10, 2006  

  • ...
    anonymous, carago pá! Bem falado!
    ...
    Há um "Bem Falado" em Bragança (Tentini, conheces?)

    Lanka

    By Anonymous ..., at 10:30 da tarde, dezembro 14, 2006  

Enviar um comentário

<< Home