OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

terça-feira, outubro 24, 2006

POSTA INFLAMADA UPA LARUCA

Por pouco habitual que seja, ou por muito mal que fique, estar de acordo com medidas tomadas por algum Governo, sou incapaz de, avaliando o actual, dizer outra coisa que não seja: estão a tomar as medidas necessárias, imprescindiveis, inadiáveis. Quando mais se espera, mais dói.
Devo dizer que, completamente fora do âmbito da senda histérica anti-funcionalismo-público, continuo a achar estranhíssimo que só se fale de funcionários públicos, de professores, das finanças. Quanto aos sindicalistas ou andam a brincar ou então estão mesmo no tempo errado. Quanto aos tótós que funcionam no sector privado, desses ninguém fala. Nem os jornalistas ultra esclarecidos, nem os comentadores residentes com ar ultra sensato, nem os ex-totopolíticos (são uns tipos que, por mero acaso, durante uns meses foram governo deste país) que, movidos por forças aleatórias salpicam alguns espaços pós noticiários. Ninguém. Os trabalhadores do sector privado não interessam, ou não têm problemas ou estão tão bem que deveriam servir de exemplo. Eu, por mim, fico felicíssimo por tem um emprego. Sou um sortudo que gosta do que faz e que está rodeado de gente com boa onda. Há dias bons e dias maus.
Voltando a algumas medidas recentes do Governo:
- escândalo de cobrar irs aos pensionistas: não existe novidade, sempre se cobrou, o que houve foi uma actualização. Estranho é os doutores jornalistas não saberem disto.
- escandalo das scuts: scuts no interior e nas àreas desertificadas, sim! – mas no Porto? – faz algum sentido?
- escândalo de aumentar em 1% as contribuições para a ADSE: para haver benefícios tem que haver receitas senão a coisa rebenta
- escândalo do aborto: metem-me nojo os queques do CDS cheios de base nas fuças e laca nas tranças que, apesar de andarem entretidos num processo de intra-traulitada não se esquecem de tentar introduzir manipulação que vale zero nos media; mudem lá a p#ta da lei que já vão sendo horas! Os tipos do cds são só dois ou três queques asilados no Parlamento.
- escândalo da crise: bem... parece que não acabou; mas é de positivismo e ambição que precisamos. Aquilo que há a fazer é 1) sair desta, 2) não entrar noutra e 3) aproveitar para ir suplantando os nossos concorrentes. De tanta má noticia que os media veiculam ficamos a pensar que o mundo é só aquilo.
Bom e chega senão rebento eu...
...Só mais um:
Escândalo é os media não informarem como deve ser e tentarem fazer cachas com falácias umas vezes – ignorância outras.

4 Comments:

  • Concordo com praticamente tudo o que escreveste, e só acrescento mais uma coisa: normalmente Portugal até tem bons primeiros-ministros, agora a corja que lhe está associada é que normalmente estraga tudo. Agora em época de crise não convem gozar com as pessoas. E porque digo isto? Quando um Governo afirma que está a ponderar aumentar o subsídio de almoço não em 6 cêntimos mas em 8, só pode ser para poderem dar umas risadas nos gabinetes...

    By Anonymous Anónimo, at 10:31 da manhã, outubro 24, 2006  

  • Concordo com o Rafeiro, a corja... Porque os pais dizem sempre para evitar as más companhias... mas eles têm a mania que ser rebelde é que é bom... dá nisto...

    By Anonymous Anónimo, at 9:53 da tarde, outubro 24, 2006  

  • Ó Rafeiro: - O quê fui aumentado!!!???
    Ó gustavo... também odeio os gajos do CDS... mas os gajos tão um pouco baralhados nas opiniões, senão vejamos: Se a lei do Aborto existisse à uns aninhos atrás esses tipos não andavam por cá, porque as mães deles optavam por "interromper voluntáriamente a gravidez" só para não os aturar.
    Eu cá sou a favor... mas com regras, não podemos usar o aborto como anticontracepcional! De resto sou funcionário público... sinto-me uma merda... os políticos é que são bons e não têem culpa nenhuma da crise...

    By Blogger jp, at 4:47 da tarde, outubro 26, 2006  

  • Isto da-me um nó no estomago...
    A seguir tenho diarreia, vómitos e febre...
    Eu ate fazia uma revolução... Mas como vou ser aumentado 1%... desisto... tenho que ir trabalhar para receber mais uns centimos!

    By Blogger Tentini, at 6:32 da tarde, outubro 27, 2006  

Enviar um comentário

<< Home