OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

terça-feira, setembro 05, 2006

ALUGA-SE OU ARRENDA-SE?

É cada vez mais notório que existe, ou uma grande confusão ou uma propaganda, para tratarmos mal certos termos da nossa língua materna!
Todos nós já ouvimos alguém a dizer que “alugou” a casa de férias e que foi extremamente cara mas férias são férias! ERRADO!
Houve alguém uma vez que me disse, que tinha visto os preços de carros para alugar e pelo que afirmou “-São caríssimos estes carros, só por um dia a renda é enorme!”
Bem… Já não me lembro da minha atitude na altura mas se fosse hoje, espancava-o! ERRADO!
Mas estes não são casos únicos… e para mim o mais grave é que nos jornais (onde devem trabalhar jornalistas(!?) e profissionais da língua Portuguesa) o mesmo erro crasso é cometido, como se de uma invenção extraordinário na nossa linguagem acontecesse! ERRADO!
No dicionário alugar quer dizer tomar de aluguer que por sua vez aluguer designa locação de uma coisa móvel. Relativo a arrendar, quer dizer tomar de arrendamento ou então locação de coisa imóvel!
Como as casas são bens imóveis, logo arrendamo-las!
Tomem tino a estas palavras e comecem a chutar nas pedras das calçadas e não na nossa língua! De certeza que vos vai doer os dedos dos pés… já que a língua não vos dói!
Aqui um grande exemplo de um jornal… (Jornal de Noticias – Classificados OnLine)


8 Comments:

  • Carissimos

    É a primeira vez que acedo ao v/blog.

    E foi uma agradável surpresa. Tem uma excelente qualidade, critica, ironia qb.

    Este post é uma maravilha. Na verdade há uma confusão total na população portuguesa -e há mesmo juízes a escrever, em sentenças e acordãos, aluguer de uma habitação - quanto ao termo correcto.

    A v/contribuição para o esclarecimento é muito importante.

    Vou continuar a visitar este blog que muito bem impressionado me deixou.

    Um abraço

    José Maria Martins

    By Blogger José Maria Martins, at 8:58 da tarde, setembro 05, 2006  

  • Então, acordámos rabugentinhos hoje? Tamos numa de espancar o mundo? Queres que te arrende, perdão, alugue o meu bastão de baseball para desatares a dar no casco desses energumeros que não distinguem uma coisa da outra? E que tal dar porrada nos bombeiros que confudem água com gasolina, qd se trata de combater incêndios?

    By Blogger Rafeiro Perfumado, at 9:58 da manhã, setembro 06, 2006  

  • Pois eu aproveito para dizer que tenho andado a ferver com os "A" com "H's" e sem os respectivos". Confesso que a gramática não é o meu forte e o tempo em que sabia distinguir preposições de advérbios já vai longe...
    Ainda assim, chego aos 100 graus quando ouço ou leio "á algum tempo...". E já agora uma menção para as frases com quilómetros de comprimento - para quê? Viva as frases curtas!!!
    Façamos um esforço por comunicar melhor.

    Não me contenho e deixo aqui uma grande vénia ao nosso ilustre e mais recente comentador. E, para quem ainda não o fez, largo recomendações vivas de uma visita ao seu blog - quanto mais não seja, para espevitar as mentes!

    By Blogger Gustavo, at 2:30 da tarde, setembro 06, 2006  

  • Essas das frases compridas... sei que é para mim! Paciência meu caro ilustre e amigo Gu... Paciência!
    Das palavras do Gustavo, faço as minhas... Uma grande vénia ao nosso novo visitante! Obrigado a todos pela participação e pela paciência!

    By Blogger Tentini, at 4:56 da tarde, setembro 06, 2006  

  • Gasolina com água? Confundir isso? Ó diacho... Digno de se registar no livro do guiness (é assim que se escreve)?
    Deve ter dado cá um espectáculo... digno das fogueiras da santa inquisição...

    By Blogger Tentini, at 4:59 da tarde, setembro 06, 2006  

  • Bom blog.. alias mto bomm...
    Gostaria de saber se gostaria de fazer uma parceria e por-me na sua lista negra.. ehehe
    CoolMedia
    CoolTura

    By Blogger Dharmine Jamnadas, at 5:27 da tarde, setembro 07, 2006  

  • Obrigado Tentini, muito obrigado!
    Se hoje estou aqui a escrever mais uma data de asneiras, certamente a ti o devo, ao teu piedoso, magnânime e enorme coração, pois já vi que me livrei de um enorme espancamento!
    É que, e para quem não sabe, eu sou daquelas que não arrendava automóveis, mas certamente alugaria casas se as tivesse (que maravilha seria….!), mas o Sr. Tentini, numa atitude de muita pedagogia, com enorme calma e alguma sobriedade, fez questão de me elucidar do equivoco em que estava a incorrer.
    Tente, mais uma vez obrigado pelo enxerto de porrada que fui poupada.
    ………………………….
    Agora que penso um pouco, recordo-me que nesse dia caí, parti dois dentes e entalei a língua. Querem ver que o rapaz desenvolveu poderes sobrenaturais? AI, AI.

    Já no que toca aos jornais, a minha posição não é tão critica, afinal a redacção limita-se a colocar aquilo que as pessoas pedem e enviam para lá, muitas vezes são cupões próprios, é certo que poderia haver uma atitude pedagógica com os seus leitores, mas …. Fico-me por aqui. (Tenho medo que amanhã acorde com uma perna partida!)

    By Anonymous Andrea T., at 4:33 da tarde, setembro 12, 2006  

  • Portuga, você não tem o que fazer, vai trabalhar. Aqui no Brasil usamos alugar uma casa ou um apartamento, isto consta de nossos dicionários e de nossas leis. Como nós somos 70% dos povos que falam essa língua, mais respeito. Sem nós essa língua some. Até a informática hoje coloca os dois dialetos, mas se tem que escolher escolhem português do Brasil. Portanto respeito é bom e eu gosto.

    By Anonymous Anónimo, at 9:39 da manhã, abril 28, 2010  

Enviar um comentário

<< Home