OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

quinta-feira, agosto 10, 2006

ODE DE UM LAMENTO


Ó Santa Estupidez… Ó Santa Paciência… Ó Santa Pequenez… Ó Santa Resistência…
Ó Santa Sensatez… Ó Santa Liberdade… Ó Santa Ignorância… Ó Santa Verdade…
Ó Santa Preocupação… Ó Santa Clemência… Ó Santa Traição… Ó Santa Vivência…
Ó Santa Beleza… Ó Santa Redenção… Ó Santa Pecaminosa… Ó Santa Prostituição...
Ó Santa Burrice… Ó Santa Loucura… Ó Santa Lerdice… Ó Santa Ditadura…
Ó Santa Desespero… Ó Santa Ambiguidade… Ó Santa Lembrança… Ó Santa Felicidade
Ó Santa Ruptura… Ó Santa Alma… Ó Santa Apetência… Ó Santa Calma…
Ó Santa Palavra… Ó Santa Poesia… Ó Santa Deusa… Ó Santa Maresia…
Ó Santa Inspiração… Ó Santa Guerra… Ó Santa Vergonha… Ó Santa Terra…
Ó Santa Luta… Ó Santa Eternidade… Ó Santa Alegria… Ó Santa Humildade…
Ó Santa Juventude… Ó Santa Abençoada… Ó Santa Força… Ó Santa Malograda…
Ó Santa Penitência… Ó Santa Saudade… Ó Santa Irreverência… Ó Santa Seriedade…
Ó Santa Sorte… Ó Santa Morte!

(Ó Santo Pretexto de ler este chato texto!)

8 Comments:

Enviar um comentário

<< Home