OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

terça-feira, maio 09, 2006

ESPANHÓIS NA RECTA FINAL…


Foi com especial atenção, nostalgia e sem surpresa que li um artigo (num reconhecido jornal nacional) que o nível de vida espanhol poderá igualar o alemão dentro de 2 anos!
Xi!
Stefan Bergheim (um dos analistas do Deutsche Bank) confessa que o motor do aumento de rendimento ‘per capita’ assenta no capital humano do país e não nos investimentos ou desenvolvimento demográfico. Xi!
Alguém avise o nosso governo dessas directrizes… porque já não temos mais joelhos para mandarmos lá tiros! Negligenciar aspectos socias e capitais humanos é a solução só de alguns!
Xi! E a Espanha aqui ao lado!
(Texto de Rtente (Tentini) - Maio de 2006)

4 Comments:

  • A Espanha aqui ao lado ...e cada vez mais cá dentro, eu que o diga! Em contrapartida, a OCDE diz que nós estamos cada vez mais na outra ponta da recta e até preveem que em 2010 seremos o mais fracote dos 25. Será que ainda conseguimos dar a volta?

    By Blogger Gustavo, at 2:15 da tarde, maio 09, 2006  

  • olá! podias colocar o link para o tal dito jornal não?!sempre se tinha um outro suporte para comentar a tua ironia;)
    acho que é importante não esquecer que nem tudo são rosas em espanha: durante anos a fio foi o país da união europeia com a mais elevada taxa de desemprego... uma das maiores diferenças entre eles e nós é que gostam e lutam pelo país onde vivem, não se dirigem ao SEU país como "este país" como se não fizessem parte dele! claro que são mais as coisas boas que as más, por isso a espanha tem evoluído tanto. não pretendo dizer o contrário, mas gostamos de elevar os outros e reduzir-nos a nada. Desta forma dificilmente conseguiremos dar a volta!:P

    By Anonymous Ana, at 11:00 da manhã, maio 10, 2006  

  • É verdade que que espanhóis têm um grande orgulho patriótico, o que vejo como algo bom, mas não esqueçamos os perigos de alguns nacionalismos exacerbados.
    Por outro lado, sim, d'acordo que só muio recentemente é que a taxa de desemprego deles ultrapassou (para baixo) a barreira psicológica dos 10%. Pagaram um preço alto mas creio que aquilo a que assistimos hoje em dia no país nos nuestros hermanos tem sustentabilidade.

    By Blogger Gustavo, at 2:20 da tarde, maio 10, 2006  

  • Tentini, estamos a 30 km da fronteira! Bora lá?...
    Como é que dizia o outro?... Ah, Orgulhosamente Sós!!!
    Eu digo: Cada vez mais desesperadamente sós!!!!

    By Anonymous N.Garcia, at 4:21 da tarde, maio 10, 2006  

Enviar um comentário

<< Home