OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

sábado, julho 08, 2006

SERÁ BELEZA?

Cada vez mais me pergunto, mas o que é aquilo que anda a passear num palco estreito e cumprido e com uma cambada de pseudo gays à frente do palco e outros nos bastidores?
Custa-me a crer que os paus dos pauliteiros de Mirandela ou espantalhos com peças de roupas aos farrapos já tenham chegado a uma passerelle?
Dou por mim a pensar que raio de beleza têm essas modelos que mais parecem porta-chaves de ossos ambulantes? Realmente estas modelos estão um bocado mais evoluídas, afinal ainda só temos portas chaves que apitam….
O mais engraçado é que deve haver um deus supremo que as guarda, sendo estas confiadas a eunucos para que não haja hipótese de esse tal deus ser contemplado com um adorno deveras interessante!!!!
Confesso que ao vê-las a passearem numa passerelle fico na dúvida se estão de frente ou de lado e qual é o momento de darem meia volta para se irem embora… Não sei!
Digam-me… O que é que estas ga*** comem? Ou será que comem? Será que vão à casa de banho? Devem fazer cá uma força para que saia alguma m****…
Já alguém pensou que com uma boa maquilhagem e uma boa dose de imaginação e poderíamos fazer um desfile de esqueletos… Imaginem como ficaria um T-Rex com um vestido Giorgio Armani? De morte, claro!
Elas chegam atingir um peso fabuloso de 30 a 40 kg… Uma elegante senhora se apanha um puto traquina… escangalha toda e ainda a transforma numa tábua de passar a ferro! Sim, porque glândulas mamárias só mesmo o nome ou mísero biquinho de identificação de que está ali alguma coisa!
Já nos basta vermos uma pessoa em carne e osso, temos ainda que gramar com roupas de cores berrantes (que esse momento lúdico de conjugação de cores, apareceu quando alguém olhou para a retrete apercebendo-se que afinal o camarão estava estragado!), cortes completamente sem nexo nenhum (devem ter pedido a alguém com Alzheimer que as corta-se!) e que as deixam semi vestidas (ou semi nuas ou muito pelo contrário) em que o único regalo dá para olhar, é para a bolinha vermelha no canto superior direito porque aquilo é tão ofensivo como violento!
Que utilidade tem para a sociedade? Bom… Acho que tenho uma ideia….
Vou contar… Que se lixe…
Será que não seriam muito mais úteis, depois de uma grande refeição utilizá-las para palitar os dentes? Se calhar…
(Se encontrarem alguma fissura no texto é porque alguma delas tombou com estas palavras provocando uma fractura exposta… Peço perdão.)

(Texto de Rtente (Tentini) - Julho de 2006)

5 Comments:

  • Realmente a estupidez abunda nessa sua cabecinha pensadora!!!

    ass: Rambóide

    By Anonymous Anónimo, at 5:34 da tarde, julho 08, 2006  

  • Menino, Pauliteiros de Miranda, não de Mirandela...
    Sim senhor, ele há palitos para tudo, até para andar a mostrar indumentárias esquesitas que ainda por cima custam os olhos da cara (ou do respeitoso traseiro!)
    Rambóide?! Ok...

    By Blogger n.garcia, at 3:40 da tarde, julho 09, 2006  

  • Olha...
    nenhum de vós porventura saberá onde em Bragança há gajas boas, mesmo boas pá, muita boas daquelas que até dá vontade de épá sei lá, boas mesmo boas? Ai: gajas, pá!
    (peço as devidas desculpas pelo plágio mas pereceu-me adequado...)
    O Rambóide, pelo nome, deve conhecer algumas daquelas mesmo boas.

    By Blogger Gustavo, at 9:01 da tarde, julho 09, 2006  

  • Devo esclarecer que realmente a estupidez abunda no meu pequeno e minusculo cérebro... Também devo esclarecer que realmente estava a pensar nos pauliteiros de Miranda, afinal, são eles os mais conhecidos! Mas na verdade existe também uns pauliteiros de Mirandela... Menos conhecidos sem dúvida!

    vejam estes sites - http://mirandela-online.net/concelho/freguesias/freguesias.php?id=3

    e

    http://www.cm-celoricodabeira.pt/indexonline.asp?idnoticia=2429&idseccao=85&idsitio=4

    Fica aqui a correcção de alguém que não tem a minima capacidade para escrever umas barbaridades... A luz da candeia de alguns cerebros...

    By Blogger Tentini, at 11:17 da manhã, julho 10, 2006  

  • Para palitar dentes não digo, que aquilo tem cabelo na ponta e depois ficavam presos ao aparelho. Agora que davam um jeitão para brejar azeitona lá na terra, disso não dúvido.

    PS: Como é que alguém com o nome de "Rambóide" tem a coragem de chamar nomes a alguém?

    By Blogger Rafeiro Perfumado, at 12:41 da manhã, julho 15, 2006  

Enviar um comentário

<< Home