OCINÓRI - A Tasquinha do Irónico

quinta-feira, julho 10, 2008

A VIDA É UMA SODA

Esta frasesita, li-a n vezes numa porta de retrete na escola que frequentei até há algum tempo. Várias vezes a aflição me levou lá, fielmente sempre à mesma retrete. E esta frase sempre me aguardava. Assinada por um tal “Fócrates”.



Expressar opinião “não negativa” sobre o governo do país, não é aceitavel nem fica bem, a não ser que se tenha algum interesse no assunto. Agora a moda é dar porrada no ministro da agricultura. Há uns meses o bode respiratório foi o Correia de Campos que hoje o Prof Sobrinho Simões elogiou à saciedade. O senhor de facto não é nenhum bode mas aceitou o papel de se sacrificar para defender os outros membros do governo, nomeadamente o pm. Ou seja, agora que acabou o futebol na Suiça arranjaram uma distraccção. E enquanto o ministro da agricultura leva com o pau, o resto do governo descansa as costas.
O governo de Portugal, sem prejuizo das medidas erradas, das não tomadas, das tomadas ao contrário, das tomadas só para ver e não para acontecer tem, efectivamente tomado medidas que contrariam o facilitismo do viver acima das possibilidades que é o que este país tem andado a fazer. Repito, sem prejuizo dos boys, dos chupistas, dos lobbys, e da corja toda.
Espanta-me é que os restantes partidos de portugal e a generalidade imbecil que são os orgãos de comunicação social caiam na esparrela e dela se alimentem enquanto estas pequenas manobras de diversão duram.
Acabou-se o gelo no polo norte, o petróleo, enquanto base da cadeia alimentar está todo lixado e a lixar-nos a vida, a àgua potável qualquer dia acaba-se, os iranianos qualquer dia mandam uma ogivas nucleares em DHL para uma série de paises e esta gente anda preocupada com o ministro da agricultura, o Scolari, as contratações de época e os anormais dos juizes que andam embrulhados com as descidas e subidas de divisão.

Está tudo doido.

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home